Deuses e Extraterrestres

archive-handwriting-handwritten-51343.jpg


Devemos considerar o significado das palavas nos tempos antigos. Nem todas as palavras que conhecemos nos dias de hoje, têm o mesmo significado de séculos atrás.


Sabemos, através dos estudos linguísticos e historiográficos, que boa parte das palavras que existiam na antiguidade, ganharam novos contornos no que diz respeito à sua aplicação e significado.


A evolução das palavras e as traduções entre os idiomas ao longo das épocas, fizeram com que a mensagem implícita em cada palavra sofresse alterações e condicionasse o sentido das frases.


Não me é estranho que no passado a palavras “deuses” fosse sinónimo de extraterrestres. Para que isso acontecesse, teríamos de observar um aglomerado de situações de influência direta e indireta, que trouxesse novo sentido à palavra.


Temos o exemplo da palavra unicórnio, a qual conhecemos como sendo a representação linguística de um cavalo com um chifre na fronte. Mas, nem sempre teve esse significado, já que a palavra deriva do latim “unos cornus”, ou seja, único corno, e servia para identificar um animal que não era um cavalo, mas, sim um rinoceronte.


Um dos livros em que encontramos mais situações deste género é a Bíblia, em que as palavras têm significados diferentes das originais e que têm sido adaptadas aos tempos modernos.


Poderia a Bíblia estar a fazer identificações a seres extraterrestres? Sim, poderia estar a fazer esse tipo de identificações. O que significava que a Criação tinha tido influência extraterrestres, e muitas outras situações teriam sido encontros imediatos. Nesse caso, a Bíblia prevê o regresso dos mesmos.


Como estes casos temos muitos outros que inferem questões pertinentes nas traduções que nos chegaram aos tempos modernos. Não eram todos os que tinham instrução de escrita, o que fez com que grande parte dos conhecimentos fossem transmitidos por via ora de geração em geração.


A grande questão que aqui se coloca é: “quais destas traduções estarão erradas?”. Errar é humano e por isso, temos de aceitar que há erros de tradução que se perpetuaram ao longo da história da civilização e que geraram novos erros.


A história revela-se como um grande puzzle que poderá dar respostas surpreendentes quanto às nossas origens e às relações que temos com o restante Universo.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Terra já pode estar dentro de um buraco negro, diz cientista

O piloto que perseguiu o UFO entra em detalhes no programa Joe Rogan | VÍDEO

'Economia Precog', o trabalho do futuro