"Mamã, o homem simpático veio me ver!" - Relato de uma mãe de uma criança que via espíritos

Este é o relato de uma história que envolveu uma criança de 8 anos e a sua mãe. A história é impressionante e aviso a todas a pessoas que se impressionam ou têm medo de histórias de terror que não leiam este conteúdo. Para os mais corajosos, aqui fica o relato.


laura-fuhrman-696999-unsplash.jpg



Isso aconteceu há 8 anos. Como o tempo passa.


O meu filho mais velho tinha quase 5 anos e eu estava grávida da minha filha. Certa manhã, o meu despertador tocou cedo, como de costume, às cinco da manhã, para que pudesse fazer algumas tarefas domésticas e alimentar os porcos, cabras e galinhas. Terminei tudo lá fora e voltei, pois sabia que horas meu filho estava prestes a acordar.


Quando entrei no quarto dele, ele estava sentado na sua cama, enrolado na colcha. Ele saltou e rapidamente correu para mim e me abraçou.


Eu ri e disse: "Bom dia, querido. Já estás acordado há muito tempo?"


"Mamã, eu vi o homem simpático outra vez."


Eu imediatamente senti adrenalina passar por mim. Que diabo? O que o quer dizer com o homem simpático? Alguém tem feito alguma coisa ao meu filho? Na janela?


Ajoelhei-me e disse: "Filho, precisas me dizer tudo sobre esse homem. Agora! Isso não é bom e, por favor, diz-me a verdade. Para onde ele foi? Por favor, diz"


"Ele acorda-me muito. Ele vem até a minha porta."


"O quê? O que que queres dizer? O que ele faz?"


"Fica e sorri muito tempo."


Eu não tinha palavras e parecia angustiada por ele, tenho certeza disso.


Neste momento, sinto calafrios e visão de túnel. Isso é tão lixado. Eu tentava ficar calma e não parecer preocupada.


"Ok... Como ele é?"


"Ele está quase sempre no teto e não tem olhos."


Ele explicou que ele realmente não tinha cor. Era mais ou menos acinzentado. Apenas buracos onde os olhos deveriam estar. Cabelo curto, acho que ele disse.


Ele continuou tentando acalmar-me."Mamã! Ele é fixe! Eu gosto dele. Ele me diz para não ter medo. Ele está há muito aqui".


"Ok. Ok... O que mais ele diz?"


"Hoje, ele me disse que eu era bom e para cuidar da minha irmã que vem a caminho"


Isso é real.


Havia algumas outras coisas que eu queria saber, mas o meu filho estava ficando inquieto e irritado com minhas perguntas. Ele queria ir brincar.


Nos dias que se seguiram, continuei a bisbilhotar, mas ele não ligava. Apenas disse as mesmas coisas. Ele disse que todas as outras vezes eram sempre as mesmas, "não tenhas medo".


Eu estava apavorada, mas esta não foi minha primeira experiência paranormal. Eu me senti segura. Ele se sentia seguro. Nós continuamos e ele às vezes me dizia que ele aparecia de novo com a mesma coisa "não tenha medo".


Não pensava nisso há muito tempo. Isso foi três casas atrás. Uma casa azul bonita, antiga e minúscula no país. Eu gostei disso lá. Foi acolhedor.


Meu filho ainda se lembra de tudo. Ele é definitivamente é sensitivo. Não é uma fase dele.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Terra já pode estar dentro de um buraco negro, diz cientista

O piloto que perseguiu o UFO entra em detalhes no programa Joe Rogan | VÍDEO

'Economia Precog', o trabalho do futuro