Lançamentos militares dos EUA classificaram imagens de objetos voadores não identificados rastreados por pilotos da Marinha

"Eu não tenho ideia do que vi ... Acelerou como nada que eu já vi", diz piloto da Marinha.


Jatos de combate norte-americanos foram enviados para investigar um misterioso objeto voador enquanto pairava na costa de San Diego, revelaram imagens previamente classificadas.
Um vídeo divulgado pelo Departamento de Defesa dos EUA (DoD) mostra os pilotos da Marinha reagindo com espanto enquanto eles rastreavam o oval esbranquiçado enquanto deslizava acima do Oceano Pacífico.
A filmagem foi estudada por um programa multimilionário secreto encarregado de investigar relatos de objetos voadores não identificados ( OVNIs ).
O Pentágono admitiu que o Programa Avançado de Identificação de Ameaças na Aviação (AATIP) decorreu de 2007 a 2012 com 22 milhões de libras (15 milhões de libras) em financiamento anual, enterrado nos orçamentos do DoD.
As imagens divulgadas recentemente mostram um encontro de 2004 entre um objeto aparente, aproximadamente do tamanho de um avião comercial, e dois Super Hornets da Marinha F / A-18, do porta-aviões Nimitz.
O Comandante David Fravor e o Tenente Comandante Jim Slaight estavam em uma missão de treinamento de rotina a 160 km do Pacífico quando foram solicitados a investigar o objeto.
O objeto havia sido detectado aparecendo repentinamente a 80.000 pés pelo USS Princeton, um cruzador naval, que acompanhava aeronaves misteriosas há duas semanas.
"Olhe para aquela coisa, cara", um dos pilotos é ouvido exclamando no clipe. "Está girando."
O comandante Fravor disse ao The New York Times que o objeto tinha cerca de 40 pés de comprimento, não tinha plumas, asas ou rotores e ultrapassava os F-18. Era grande o suficiente para agitar o mar a 50 metros abaixo dele, disse ele.
"Eu não tenho ideia do que vi ... Acelerou como nada que eu já vi", acrescentou, admitindo que estava "muito maluco".
Os superiores da Marinha dos pilotos não investigaram mais e ainda não está claro qual era o objeto. Especialistas dizem que geralmente há uma explicação mundana para aparentes aparições de OVNIs e alertam que a ausência de uma explicação não é prova de vida extraterrestre.
O Pentágono disse que a AATIP fechou há cinco anos, quando as autoridades de defesa mudaram a atenção e o financiamento para outras prioridades.
Mas ficou menos claro se as autoridades continuam a investigar as alegadas aparições de OVNIs. Segundo seus apoiadores, o programa continua existindo de alguma forma.
O financiamento inicial do programa veio em grande parte a pedido do ex-líder democrata no Senado, Harry Reid, conhecido por seu entusiasmo pelos fenômenos espaciais.
"A AATIP terminou no período de 2012", disse Laura Ochoa, porta-voz do Pentágono.
"Foi determinado que havia outras questões prioritárias que mereciam financiamento e que era do interesse do DoD fazer uma mudança", acrescentou ela.
Perguntada se o departamento continuava a investigar os avistamentos, ela disse: "O DoD leva a sério todas as ameaças e potenciais ameaças ao nosso pessoal, nossos ativos e nossa missão e age sempre que informações confiáveis ??são desenvolvidas".

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Terra já pode estar dentro de um buraco negro, diz cientista

O piloto que perseguiu o UFO entra em detalhes no programa Joe Rogan | VÍDEO

'Economia Precog', o trabalho do futuro