Observar o céu em busca de Ovnis não é uma tarefa fácil

military-663378_1920.jpg


Um dos grandes problemas de que observa os céus para estudar OVNIS é a capacidade de identificação dos mesmos. Em muitos casos, trata-se de objectos identificados que são de fabrico humano e que a olho nu podem, em grande parte dos casos, serem confundidos por OVNIS.


Não se trata de uma tarefa fácil e mesmo que já se encontra nesta andanças há muito tempo, ainda comete erros de identificação ou tem dificuldade em conseguir identificar o que quer que seja.


Quer isto dizer que não se pode andar por ai a divulgar que se viu um OVNI, quando na verdade o que se viu foi o reflexo da luz do sol um satélite de comunicação.


Esse tipo de erros acontece em grandes países, como os EUA, onde existe um maior fluxo de aeronaves e, também, os testes militares.


Os testes militares são o maior desafio de identificação, porque, nunca sabemos que aconteceram até serem divulgados.


Ainda assim, mesmo que sejam objectos de criação humana, não invalida que os mesmos não sejam criados a partir de tecnologia extraterrestre.


Podemos considerar que após a II Guerra Mundial, houve um boom de avistamentos no céu de OVNIS. Aqui, podemos calcular que ouve uma continuidade da produção de equipamento militar e que isso veio prejudicar a viabilidade de confirmar os verdadeiros avistamentos. A pergunta que se coloca é se esses avistamentos já se observavam antes. Creio que a resposta é sim, já se observava esses fenómenos, porém, não era registados ou simplesmente era ignorados. Mesmo assim, podemos encontrar algumas histórias de pilotos da II Guerra Mundial que tiverem encontros com estranhos objectos. E aqui, surgem as histórias do desenvolvimento tecnológico Alemão e os seus testes.


Por isso, olhar para o céu e identificar o que se vê não é uma tarefa fácil. Eu próprio tentei fazê-lo durante algum tempo e não obtive muito sucesso. Mas, se tem esperança de encontrar provas derradeiras da existência de extraterrestres a partir do céu, então terá um longo e árduo caminho pela frente.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Terra já pode estar dentro de um buraco negro, diz cientista

O piloto que perseguiu o UFO entra em detalhes no programa Joe Rogan | VÍDEO

'Economia Precog', o trabalho do futuro